Destaque

Governo do Amazonas pagou o menor preço do Brasil por respiradores

Em todos os países, corrida por aparelhos de respiração aumentou desenfreadamente. Isso porque nenhuma esfera de governo (federal, estadual ou municipal) em nenhum lugar do mundo estava preparada para o Corona Vírus. A demanda tornou-se muito maior do que a oferta.

Neste cenário, o Governo do Amazonas, em comparação com outros Estados brasileiros, importou os ventiladores pelo menor preço no mercado.

Levando em consideração a cotação atual do dólar (cerca de R$ 5,00), outros Estados que importaram os aparelhos pagaram, em média, R$ 110 mil por unidade. Em Minas Gerais, o maior preço pago na unidade do aparelho (devido a cotação do dólar no dia) chegou a R$ 180 mil. Números parecidos com os da Bahia, onde gastou-se cerca de R$ 160 mil por unidade.

Publicidade

Enquanto algumas velhas raposas da política amazonense, com pouco ou nenhum conhecimento em economia, sugerem que o Governo compre aparelhos usados, de segunda mão, na internet, em sites com pouca confiabilidade, o Governador Wilson Lima adquire aparelhos novos, mesmo com a escassez de oferta no mercado, e com os melhores valores.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *