Destaque

Governo paga médicos hoje, pagou enfermeiros ontem e tem dinheiro para atrasados.

O governo do Amazonas paga hoje (23/04) salários atrasados dos médicos. Trata-se de valores referentes ao mês de fevereiro (“competência de fevereiro”) deste ano. “Até 15h, esse dinheiro deverá estar na conta, integralmente”, confirma o secretário estadual de Fazenda, Alex Del Giglio. O total de uma folha mensal completa de médicos é de R$ 40 milhões, revela o secretário. A medida é uma forma de enfrentar a batalha contra a pandemia de Covid-19. Até o fim de maio será pago o mês de março/2020, dependendo apenas da agilização burocrática das cooperativas e empresas médicas. O dinheiro já está reservado nos cofres estaduais. Os contratos permitem que esses pagamentos sejam feitos até três meses depois. A administração estadual também pagará “meia competência” de 2018, a partir de amanhã (24/04). “São processos físicos e a burocracia fica um pouco mais demorada. Assim que tudo estiver pronto, a gente paga”, diz Alex. Essa meia folha representa R$ 20 milhões.


Voto de confiança Outra fonte da administração afirma que Wilson recusou proposta dos médicos para parcelar em 12 vezes o pagamento dos atrasados. Ele disse que não quer esperar tanto tempo e pediu um “voto de confiança” dos médicos. O Estado, acrescenta a fonte, está se preparando para “acabar com isso”. “O governador quer zerar os atrasados ainda no primeiro semestre”, disse. O atraso de salário dos médicos, que trabalham em empresas e cooperativas terceirizadas, vem se arrastando há várias administrações. Eles estão na linha de frente do combate ao Covid-19 e uma queda na motivação seria desastrosa, neste momento. O atual governo terminou 2019 com os pagamentos do ano em dia. Restariam ainda “duas competências” (dois meses) que não foram pagas durante a gestão do ex-governador Amazonino Mendes. Mas o portal não conseguiu confirmar o número de meses em atraso, de 2018.

O Sindicato dos Médicos lidera pedido de impeachment do governador Wilson Lima e do vice Carlos Almeida. O pedido já está na Assembleia Legislativa do Estado. O acerto para pagamento dos médicos, porém, feito diretamente pelo governador, foi anterior a esse pedido.   Enfermeiros e área meio O titular da Sefaz confirma que, ontem (22/04), foi feito o pagamento dos técnicos de enfermagem. Também foram pagos os profissionais da chamada “área meio”. São fisioterapeutas e maqueiros, além do pessoal de conservação e limpeza. “O montante pago foi em torno de R$ 20 milhões”, revela Del Giglio. Wilson Lima conseguiu vitória política, nesta quarta (22/04), evitando a intervenção federal na saúde. O presidente Jair Bolsonaro, após contato do ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, com o governador, desistiu da medida, solicitada pela Assembleia Legislativa do Amazonas. Fundo Estadual de Saúde (FES), que tem os recursos, e Secretaria Estadual de Saúde (Susam) estão agilizando as atualizações.

Publicidade

Marcos Santos

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *