Destaque

Caso Kimberly | Delegado revela novidades sobre o caso e diz que Rafael tenta fugir para a Espanha

O delegado Paulo Martins, titular da DEHS, que assumiu as investigações a respeito do caso de Kimberly Mota, a Miss Manicoré que foi encontrada morta na manhã da última terça-feira (12), revelou novas informações a cerca das apurações sobre o crime.

Segundo o delegado, o suspeito Rafael Fernandez teria parentes na Espanha e estaria tentando chegar ao país através da Venezuela. Ainda de acordo com o titular, após o veículo de Rafael ter sido encontrado destruído na BR-174, a polícia passou a monitorar os serviços de táxi que atuavam em Roraima.

A partir disso, foi descoberto que o suspeito pediu ajuda de populares na Vila Petrolina e conseguiu pegar carona em um caminhão até um posto de gasolina localizado ainda na BR-174. No local, Rafael foi até um caixa eletrônico, sacou uma quantia em dinheiro e pegou um táxi.

O taxista que viajou com o suspeito já foi localizado, e informou que levou Rafael de Boa Vista para Pacaraima. Já se sabe que o abjetivo do suspeito é chegar até a fronteira do Brasil com a Venezuela e viajar até Margarita, onde seria mais fácil dele conseguir chegar na Espanha.

Publicidade

Ainda não se sabe se Rafael já cruzou a fronteira, mas o delegado Paulo Martins já avisou que se caso isso acontecer, a localização e capturado do suspeito se tornam muito mais difíceis, já que Rafael estaria em um outro país com uma legislação diferente do Brasil. Por enquanto, a polícia de Manaus trabalha em parceria com a polícia de Roraima para localizar o elemento o mais rápido possível.

Isso é Amazonas

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *