Destaque

Marco Feliciano critica saída de ministro da saúde: ‘Se Teich era contra uso da cloroquina, já vai tarde’

O deputado federal Marco Feliciano comentou, no início da tarde desta sexta-feira (15), a saída de Nelson Teich do comando do Ministério da Saúde. Em tom crítico ao agora ex-ministro, o parlamentar disse que a necessidade de liberar a cloroquina é urgente, fato que Teich havia declarado publicamente ser contra.

– Se Teich era contra o uso da cloroquina, já vai tarde. Precisamos com urgência liberar o uso para salvar milhares de vidas. Países mais avançados já liberaram – afirmou.

Com menos de um mês à frente do Ministério da Saúde, Nelson Teich pediu demissão do cargo nesta sexta-feira (15). Teich assumiu o lugar de Luiz Henrique Mandetta no dia 17 de abril. O secretário-executivo Eduardo Pazuello é o mais contado para ser seu substituto.

Publicidade

O agora ex-ministro se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto pela manhã. Após a reunião, que durou menos de 15 minutos, ele voltou para o prédio do Ministério da Saúde. A demissão foi anunciada logo depois.

Am Post

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *