Destaque

Campanha Manaus Solidária entrega roupas para mulheres warao.

A Prefeitura de Manaus entregou a 50 indígenas venezuelanas, da etnia warao, abrigadas no espaço de acolhimento provisório, da zona Oeste, nesta segunda-feira (25), 150 peças de roupas, doadas pelo grupo Riachuelo, à campanha #ManausSolidaria, coordenada pelo Fundo Manaus Solidária.

As contempladas integram um dos seis abrigos, administrados pelo município, que acolhe 640 venezuelanos warao.

“A solidariedade de empresas parcerias e da população é o que nos possibilita ampliar as nossas ações e levar um pouco de alento aos que mais precisam, incluindo esses indígenas que vieram de outro país e buscaram em Manaus o refúgio da crise social que viviam”, disse a presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.

25 mil peças foram doadas pelo grupo Riachuelo, em alusão ao Dia das Mães ocorre desde o início do mês de maio, às mulheres atendidas pelos espaços de acolhimento mantidos pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) e entidades parceiras.

“Gostaria de agradecer à Riachuelo pela doação para as pessoas em vulnerabilidade, principalmente aos refugiados venezuelanos, com os quais estamos trabalhando desde 2016. Neste momento conturbado que atravessamos, o Fundo Manaus Solidária, na figura da primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, não tem medido esforços para ajudar quem mais precisa, e claro, os refugiados venezuelanos não poderiam ficar de fora. A busca por apoio na iniciativa privada, tem sido incansável pelo Fundo Manaus, para que se juntem a essa corrente de solidariedade”, destacou a secretária da Semasc, Conceição Sampaio.

Publicidade

Os 50 kits entregues possuem peças do vestuário feminino: entre vestido, blusa, saia e short e contemplarão as acolhidas de mais quatro abrigos indígenas warao.

“Todas nós, ficamos muito felizes em receber essas doações, principalmente algo como roupas novas, que faz a gente se sentir mais especial e bonita”, disse a indígena Eurismary Mariano, que agradeceu, junto com as demais, com dança e música, conforme manda o costume do povo warao.

Na última sexta-feira, 22, mulheres em situação de rua cadastradas no Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro Pop), no Petrópolis, zona Sul, também receberam doação de peças do vestuário feminino. Nas cinco cozinhas comunitárias, coordenadas pela Semasc, 800 usuárias que frequentam o serviço na hora do almoço, também, receberam os kits de roupas femininas.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *