animais

Família de jovem picado por naja é multada em R$ 78 mil

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama) aplicou uma multa de R$ 78 mil para a família do estudante de medicina veterinária Pedro Krambeck, picado por uma cobra naja no Distrito Federal. As informações são do jornal Correio Braziliense.

De acordo com o Ibama, a multa do estudante foi de R$ 61 mil por maus-tratos aos animais. Já a mãe e o padrasto dele receberam multa de R$ 17 mil, por eles terem dificultado a ação de resgate da cobra naja.

Ao todo, o Ibama aplicou em sete dias cerca de R$ 300 mil em multas para proprietários de animais encontrados em ações da Polícia Civil e Ibama ao longo da última semana. Em algumas das apreensões, a polícia relacionou os animais encontrados ao grupo de Pedro Krambeck.

Publicidade

Ainda segundo o instituto, o dono do local onde 16 serpentes foram localizadas em 9 de julho foi multado em R$ 68 mil por maus-tratos e por dificultar a ação de resgate. Para a polícia, a criação das cobras está ligada a Pedro Henrique. Por isso, o jovem também pode ser responsabilizado por esses animais.

Conforme o Correio Braziliense, uma outra pessoa ligada ao grupo foi multada em R$ 81,3 mil por dificultar a ação do Ibama e manter animais nativos e exóticos em locais inapropriados e sem autorização, além de maus-tratos.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *