Polícia

Após ‘espantar’ suspeito de matar irmã e tia, vizinho encontrou criança ilesa no local do crime: ‘Não sai da mente’

Um vizinho entrou na casa em que uma mulher e a tia dela foram mortas, em Senador Canedo, logo após o crime acontecer. O morador, que preferiu não ter a identidade divulgada, contou que ouviu os pedidos de socorro das vítimas, subiu o muro e gritou com um suspeito, que acabou fugindo e deixando o portão aberto.

Sem saber o que havia acontecido, o homem entrou no imóvel e se deparou com as vítimas e uma criança, que estava ilesa em um quarto (assista acima).

“Quando a gente gritou, ele correu para fora. […] É um desespero muito grande. Não sai da mente”, disse.

Cristiana do Rosário Leite, de 31 anos, morta em Senador Canedo; irmão foi preso suspeito do crime — Foto: Reprodução/Facebook
Cristiana do Rosário Leite, de 31 anos, morta em Senador Canedo; irmão foi preso suspeito do crime — Foto: Reprodução/Facebook

Ao entrar na casa das vítimas, desesperado, o homem viu uma criança deitada sobre uma cama em um quarto ao final do corredor. Percebendo que ela estava bem, chamou outra pessoa para tirá-la da casa sem que visse os corpos das mulheres mortas.

“Graças a Deus que a criança estava com vida. Até então, não sabia que tinha essa cirança aí”, completou.

Cristiana do Rosário Leite, de 31 anos, e a tia dela, Luísa Miranda, foram mart as na sexta-feira (26). As investigações apontaram que o principal suspeito é o irmão de Cristiana, Pedro do Rosário Leite, de 37 anos.

Publicidade

“Os relatos que nós temos dos vizinhos é de que houve uma discussão. Relatam que ouviram gritaria e após essa gritaria, provavelmente, ocorreram os homicídios”, explicou o major da Polícia Militar Otávio Prado.

O g1 entrou em contato com o delegado responsável pelo caso, por mensagem na manhã deste sábado (27), e aguarda retorno para saber mais informações sobre as investigações.

Ainda de acordo com as investigações, o suspeito saiu da casa em que o crime aconteceu com uma faca na mão e ainda esfaqueou um pedreiro que trabalhava em uma obra na região. Essa agressão foi registrada por uma câmera de monitoramento (veja acima).

Durante a fuga, uma equipe da PM tentou abordar o suspeito, mas teve que atirar em uma das pernas dele para conseguir contê-lo.

Tanto o investigado quanto o pedreiro tiveram que ser levados a unidades de saúde para atendimento médico.

Homem é suspeito de matar duas mulheres esfaqueadas em Senador Canedo — Foto: TV Anhanguera
Homem é suspeito de matar duas mulheres esfaqueadas em Senador Canedo — Foto: TV Anhanguera

O Hospital Estadual de Urgências informou, neste sábado, que o paciente Pedro do Rosário, suspeito dos homicídios, passou por cirurgia no tornozelo, está consciente, respirando espontaneamente e tem estado de saúde regular.

Já o pedreiro, foi levado ao Hospital Estadual de Aparecida de Goiânia (Heapa). A unidade de saúde informou, também neste sábado, que ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave, mas estável.

Segundo o Heapa, o paciente “passou por uma laparotomia exploratória, com o intuito de reparar os ferimentos, está consciente e continua sob os cuidados das equipes de Cirurgia Geral”.

O g1 solicitou aos hospitais as informações atualizadas sobre cada um na manhã deste sábado e aguarda retorno.

Fonte G1 Noticias

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *