Anitta pede a Lula para legalizar maconha em live com Filipe Rett

A cantora Anitta defendeu a legalização da maconha durante uma transmissão ao vivo com o rapper Filipe Rett. Para apoiar essa pauta política, ela também pediu ajuda a Lula, o pré-candidato do PT à Presidência em quem ela já anunciou que vai votar recentemente.

“Acho que proibir as drogas não faz com que as pessoas parem de usar. Em vez de estarem colaborando com essa guerra na favela que só mata o pobre, gente que não tem nada a ver com isso e só deixa rico esse povo que não paga imposto e que lava dinheiro, tinha que virar empresa, gerar emprego”, disse a cantora. “Eu sou a favor de virar tudo empresa legalizada”, concluiu ela.

As declarações foram feitas na ocasião da live de lançamento do clipe da música “Tudo Nosso”, feita em parceria com Rett, nesta terça (12), pelo Instagram.

Segundo a cantora, seria preciso vender a droga com as advertências dos seus prejuízos à saúde. “[Tem que] colocar igual no cigarro: Se fumar, acontece isso e isso. Quer se foder? Então se fode aí. Se beber, acontece isso e isso. Quer se foder, então vai. Cada um com seu direito. A mulher quer abortar, aborta.”

Ela ainda pediu ajuda ao candidato e líder nas pesquisas eleitorais, o ex-presidente Lula. “Será que o Lula apoia isso, gente? Apoia essa legalização aí para nós”, disse ela, se dirigindo ao político.

Anitta ainda afirmou que já experimentou maconha em Los Angeles, onde a droga é legalizada, mas disse que não gostou. “Isso me dá um negócio estranho, eu fico me sentindo meio lesada. Não consigo falar, mas minha cabeça fica com vários pensamentos e isso me dá muita agonia”, disse Anitta. “O único negócio que eu faço é beber”, afirmou ela em seguida, mostrando uma taça à câmera.

fonte: Portal do Holanda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *