Detentos comemoram chegada de médico estuprador no presídio: “É sal!”

O médico anestesista preso por estupro durante a cesariana de uma paciente foi hostilizado por outros detentos ao chegar ao presídio Bangu 8 no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na noite desta terça-feira (12). Giovanni Quintella Bezerra foi transferido ao local após audiência de custódia para cumprir sua prisão preventiva. 

Detentos do presídio Pedrolino Werling de Oliveira, o Bangu 8, começaram a sacudir as grades, vaiar e xingar o anestesista, como forma de protesto. 

Giovanni Quintella foi enviado para o local por ser a cadeia que recebe presos com curso superior, mas ainda assim ficará em uma cela sozinho pois teme ser morto.

com informações do portal cm7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *