Ex-tesoureira e marido são presos em Goiás suspeitos de desviar quase R$ 1 milhão da Prefeitura de Capetinga

A Polícia Civil de Caldas Novas, no sul de Goiás, prendeu na quinta-feira (14) um casal considerado foragido de Minas Gerais. A mulher e o marido são suspeitos de desviar quase R$ 1 milhão da Prefeitura de Capetinga/MG, onde a mulher era tesoureira da Secretaria de Finanças. O delegado Tiago Fraga teve o braço esquerdo machucado pela mulher, que resistiu à prisão.

g1 não localizou a defesa do casal para se manifestar sobre o caso. A reportagem pediu uma nota para a Prefeitura de Capetinga nesta sexta-feira (15), por e-mail, e aguarda resposta.

“Eles entraram no apartamento e batemos na porta. Eles viram que não tinham como sair, mas não queriam ser presos. A mulher estava mais alterada e tentou impedir a prisão o tempo todo. Tivemos que usar força e algemas para fazer a contenção”, detalha o delegado.

A ex-tesoureira Juma de Melo Silva e o marido Dênio Antônio Faleiros tinham mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça de Minas Gerais desde janeiro deste ano e eram procurados pela polícia.

Após investigação, o delegado Tiago Fraga apurou que o casal estava residindo num apartamento alugado em Caldas Novas há cerca de 8 meses. A polícia obteve informações de que o casal ia entregar o apartamento e se mudar de cidade em poucos dias, o que antecipou a operação de captura.

O delegado informou que o homem foi levado para o presídio de Caldas Novas e a mulher para a penitenciária feminina de Corumbaíba.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *