Grávida é achada morta ao lado da filha de 8 meses em apartamento

Uma mulher de 34 anos, grávida, identificada como Sandra Maria de Souza, foi encontrada morta dentro do apartamento onde morava com a filha, nas proximidades da Praça da Sé, em São Paulo.

A vítima estava no 1°mês de gestação e tinha uma filha de apenas 8 meses que foi encontrada em um berço ao lado do cadáver com machucados pelo corpo e em estado de desidratação e desnutrição.

O principal suspeito do crime é o namorado de Sandra, que foi visto saindo do apartamento na última sexta-feira (22). O corpo da mulher foi encontrado em estado de decomposição, após vizinhos entrarem no sumiço dela e perceberem um forte odor vindo do apartamento.

Junto com um grupo de amigas, eles acionaram um chaveiro para abrir a porta e se depararam com Sandra e a criança. A mulher tinha várias marcas de violência pelo corpo e estava com o nariz e a cabeça sujos de sangue.

A bebê estava bastante desidratada e foi socorrida às pressas. Os médicos disseram que ela estava há dias sem comer, provavelmente desde a morte da mãe na sexta-feira.

E as marcas no corpo podem ser frutos de tentativas da mãe de a colocar no berço antes de desfalecer. A polícia investiga o caso e deve ouvir a irmã da vítima que afirma ter visto Sandra com marcas de agressões na durante uma videochamada feita por ela horas antes da morte. O suspeito do crime segue foragido.

fonte: Portal do Holanda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *