Justiça do DF condena homem a 4 anos e 8 meses por roubar chocolate

A 1ª Vara Criminal de Brasília condenou a 4 anos e 8 meses de prisão, em regime fechado, um homem que roubou chocolates em uma loja e, ao ser preso, deu o nome do irmão à polícia. O caso ocorreu em 10 de março, no Setor Comercial Sul, e a decisão foi anunciada no último dia 14.

De acordo com a sentença, Alexandre Gonçalves Soares da Silva colocou bombons nos bolsos, foi ao caixa e pagou apenas por um pacote de balas. Funcionários perceberam e abordaram o suspeito do lado de fora da loja.

g1 tenta contato com a defesa de Alexandre.

No entendimento da juíza Ana Claudia Loiola de Morais Mendes, o homem praticou roubo com emprego de violência. Além da sentença de 4 anos e 8 meses, em regime fechado, ele foi condenado a 3 meses e 15 dias de detenção, em regime semiaberto, por ter tentado se passar pelo irmão.

O roubo

De acordo com o processo, os funcionários da loja perguntaram para Alexandre se ele havia “esquecido de pagar por alguma mercadoria”. O homem negou ter cometido algum crime e “fez menção” de que iria correr.

Um fiscal da loja ficou na frente do suspeito para evitar a fuga e acabou sendo agredido com socos, tapas e unhadas, o que provocou “lesões corporais leves”, diz o documento. Os outros funcionários chamaram a polícia, que encontrou o chocolate no bolso de Alexandre.

Fonte: g1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *