Menina é sequestrada e estuprada por amigo da família em MT

Menina foi sequestrada e estuprada após um almoço com familiares

Amigo que almoçava com a família fugiu com a garota e cometeu o abuso

O criminoso conseguiu escapar e continua desaparecido

Uma garota de apenas 11 anos foi sequestrada e estuprada por um amigo da própria família na cidade de Campo Novo Parecis, em Mato Grosso. As informações são do g1.

De acordo com o boletim de ocorrência do caso, o criminoso almoçava com a família da vítima. Após a refeição, pediu uma carona para voltar para casa.

Quando chegou em sua residência, porém, o homem sacou um revólver e exigiu que os parentes da garota deixassem a caminhonete, fugindo com a vítima.

A Polícia Militar foi contatada e deu início a uma perseguição. Com o carro avariado e os agentes em seu encalço, o criminoso abandonou a caminhonete com a menina dentro e fugiu a pé por uma zona de mata.

Resgatada, a menina foi encaminhada a um hospital e submetida a exames, que comprovaram a violência sexual.

Criminoso segue foragido

Mesmo a pé, o suspeito conseguiu escapar dos policiais e segue foragido. Na última segunda-feira (25), os agentes encontraram supostos vestígios dele em uma mata ciliar na região de Santo Afonso.

A equipe pediu reforços e trabalha ao lado de batalhões enviados pelas polícias de Nova Mutum, Diamantino, Arenápolis, Nortelândia e Nova Marilândia.

O que é abuso sexual infantil?

O código Penal brasileiro prevê que o abuso infantil é todo envolvimento de uma criança em uma atividade sexual na qual ela não compreende. Por não entender a situação, a criança não está apta a se defender e, tampouco, informar consentimento.

O abuso infantil ainda é uma realidade brasileira, e de acordo com dados do Disque 100 em 2019, pelo menos 17 mil denúncias foram feitas.

Vale ressaltar que nem sempre a criança entende a situação, e permanece em silêncio, vindo a comentar sobre o crime apenas na idade adulta.

Se enquadram neste crime as modalidades: pedofilia, violência sexual, abuso sexual e exploração sexual.

Contatos para denunciar abuso sexual infantil:

  • Disque 100
  • Ouvidoria Online
  • Proteja Brasil

Disque 100

Bem como nos casos de homofobia e racismo, as denúncias de abuso infantil podem ser feitas anonimamente por meio do número 100 no telefone. Vale lembrar que todos os relatos são encaminhados para órgãos de investigação competentes.

Ouvidoria Online

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *