Mulher desaparece após ser baleada pelo próprio marido em escadaria de Manaus

Amigos de Josiane de Souza Cunha, de 36 anos, que foi baleada pelo marido, no último sábado (23) estão procurando pela mulher que está desaparecida desde que deu entrada no Pronto Socorro João Lúcio.

Um dos amigos de Josiane contou ao Portal do Holanda que ela não tem familiares em Manaus, e desde que foi baleada na escadaria da rua 11, do bairro Mauazinho, na Zona Leste, o marido dela também não apareceu mais.

A Polícia Militar da 29ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) informou no sábado que Josiane tinha sido levada ao Pronto Socorro João Lúcio, mas o Serviço Social da unidade de saúde informou que a mulher não estava no local. O grupo também foi ao Pronto Socorro Platão Araújo, mas Josiane também não havia dado entrada lá.

Os amigos da desaparecida informaram ainda que após esfaquear a mulher, o companheiro dela fugiu para Parintins e voltou para Macapá, capital do Amapá, cidade natal do casal.

Até o momento da publicação desta matéria a motivação do crime ainda não foi descoberta e o suspeito também não foi encontrado.

fonte: Portal do Holanda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *