Mulher é encontrada morta em esgoto de Málaga e filho adotivo é preso

Uma mulher de 60 anos foi, na terça-feira (12), encontrada morta num esgoto na cidade espanhola de Málaga. O seu filho adotivo acabou sendo preso pela Polícia Nacional, sendo suspeito de estar envolvido na morte.

Ángela Mérida era procurada desde 23 de maio, segundo revelaram as autoridades aos jornalistas, diz a agência EFE.

A sua morte teria ocorrido dias depois do desaparecimento, o que explica o estado de decomposição em que o corpo foi encontrado, complementaram.

Ángela teria sido estrangulada até à morte, possivelmente por motivos econômicos ligados ao consumo de drogas por parte do filho adotivo. Este, por sua vez, foi preso na noite de terça-feira (12), suspeito de ter cometido o crime.

O corpo foi encontrado por volta das 12h20 de terça-feira, a cerca de oito metros de profundidade, o que exigiu a intervenção dos bombeiros.

fonte: Notícias ao minuto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *