Mulher vai defecar e descobre gravidez: ‘vi dois pés saindo’

A comissáio de bordo de 22 anos descobriu que estava grávida quando estava sentada no vaso sanitário e viu “dois pezinhos do bebê” saindo pela sua vagina. Jones relatou que não suspeitava da gestação pois, além de tomar pílula anticoncepcional, estava menstruando regularmente.

“Eu costumava sair para beber duas a três vezes por mês. Fui a boates cerca de 10 a 15 vezes quando estava grávida. Eu fui à balada no sábado antes de dar à luz. Eu não tinha barriga, não fiquei enjoada e menstruava todos os meses”, contou a mamãe.

De acordo com ela, por não suspeitar da gravidez, viveu a vida normalmente durante a gestação. A surpresa para Lucy foi ainda maior devido a testes de gravidez que ela precisou fazer para seu novo emprego:

“Eu fiz dois testes de gravidez que deram negativo por causa do meu novo trabalho de comissária de bordo. Eu estava grávida de oito meses quando fui ao médico e fiz os testes. O médico me examinou, pressionando meu estômago e não suspeitou de nada”, explica

“Achei que era cocô”

Sem qualquer dor ou barriga aparente, Lucy deu à luz no vaso sanitário da casa de seus pais. Ela conta que um dia antes do nascimento de sua filha, ela sentiu dores na barriga e nas costas, mas acreditou que fosse cólicas menstruais, já que seu ciclo estava próximo de acontecer.

“No dia seguinte, eu acordei, tomei um banho e me deitei na cama novamente. Cerca de 45 minutos depois, senti meu estômago “virar” e corri para o banheiro. Lá, eu ouvi um barulho e, quando olhei para baixo, vi dois pequenos pés saindo para fora”, disse.

“Não senti nenhuma dor quando eu estava fisicamente empurrando o que eu achava que era um cocô”, relatou.

A jovem deu à luz uma menininha, a Ruby, que nasceu com três quilos e super saudável. Ela conta que quando pegou a bebê no colo, a enrolou em uma toalha e a colocou em cima da pia sem acreditar no que estava acontecendo. Sozinha, ela ainda relata que só pensou em ligar para seus pais, que logo chegaram em casa e chamaram uma ambulância.

“Eu estava gritando histericamente ‘há um bebê’, e eles imaginaram que fosse um aborto, não que havia um bebê de 3 kg de tamanho normal na pia na cozinha”, brincou.

Ainda que tenha sido uma baita surpresa, a comissária garante que está feliz com a bebê, e insiste que não mudaria nada, mesmo se pudesse. Com seu relato, ela afirma que quer aumentar a consciência das pessoas sobre a gravidez enigmática.

Com informações do Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *