Padrasto estuprava enteada de 4 anos e filmava crimes cometidos dentro de casa

Na manhã desta terça-feira (23) um analista de transporte foi preso após ser acusado de estuprar as duas enteadas de 10 anos (do primeiro casamento) e a de 4 do atual casamento. Ele era um dos alvos da Operação Inocência deflagrada com o objetivo de prender pedófilos. O caso ocorreu no bairro Harmonia, em Canoas.

O segundo crime foi pela esposa que segue vivendo com ele e, inclusive, é mãe de um recém-nascido. O bebê é filho dos dois.

O criminoso também gravava os estupros. Agora, os policiais apuram se ele também compartilhava o material pela internet.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Fale conosco!