Pizzaria recebe pix falso e faz pegadinha entregando pizza e refrigerante ‘falsos’

No início desta semana, o dono de uma pizzaria em Teresina decidiu ‘trollar’ um golpista que tentou comprar uma pizza com um Pix falso. Então ele decidiu mandar entregar uma pizza e um refrigerante ‘falsos’ na casa dos golpistas. O fato aconteceu na última segunda-feira, 25.

Robson Costa, dono do estabelecimento, explica que ele mesmo já tinha tido um prejuízo de R$ 300 com a mesma pessoa há cerca de um mês, mas percebeu que o homem já estava tentando aplicar o mesmo golpe contra outro estabelecimento: “Há cerca de um mês, tomamos esse prejuízo de R$ 300 com um Pix falso, foi a primeira vez em 12 anos de pizzaria, aí ficamos mais vigilantes, principalmente com Pix falso. Agora a gente só entrega depois que realmente confirma o valor na conta”, contou.

Ele conta que na noite de segunda-feira, 25, ele percebeu no aplicativo bancário a chegada de dois Pix de R$ 0,01,no que despertou a desconfiança. Minutos depois, a atendente do local informou para Robson que não estava conseguindo conferir a chegada de uma transferência de um cliente que tinha mandado o comprovante. Momento em que eles perceberam que o documento era falso. Com os dados da transferência de R$ 0,01, o homem editou o comprovante e alterou o valor para R$ 55, o valor da pizza.

Depois de perceber que provavelmente era o mesmo homem que já tinha dado um golpe na pizzaria antes, eles resolveram fazer uma “brincadeira” com o homem, entregando uma pizza sem recheio e um suco com sal. Robson diz que “Fiquei sem ideia de como fazer. A pizzaiola deu a ideia de mandar só a massa seca e ela escreveu o nome ‘pix fake’ na caixa. Pro refrigerante, pegamos a garrafa vazia e colocamos um suco em pó. O entregador disse que ele ainda poderia beber o suco, aí colocamos sal”.

Na hora da entrega, o endereço e as características físicas eram semelhantes às do homem que tinha aplicado o golpe anteriormente. Depois do pedido recebido e checado, o golpista disse por WhatsApp ao empresário que não tinha entendido a entrega daquela forma e em seguida bloqueou a pizzaria.

No entanto, o empresário revela ainda que eles decidiram ainda fazer uma brincadeira com um pênis de borracha, um brinquedo de um dos entregadores, que foi enviado na pizza, mas depois, de um outro número de telefone, eles pediram o brinquedo de volta.

Nas mensagens, k homem disse que vai devolver o brinquedo e que não fez o pix falso por maldade: “Nós tínhamos mandado com a pizza um brinquedo de um dos entregados, um pênis de borracha. Então falamos com ele de outro número pra pedir de volta, porque tinha sido só uma brincadeira. Ele disse que vai devolver e em seguida mandou uma mensagem dizendo que ‘roubou pra comer’”, disse.

A mensagem faz referência a um versículo bíblico que diz: “O ladrão não é desprezado se, faminto, rouba para matar a fome. Porém, o empresário diz que “Depois dos vídeos gravados e postados em grupo de empreendedores da região, outro empresário informou que o homem estava tentando aplicar o mesmo golpe, dessa vez pedindo cervejas”.

“Outro detalhe é que ele não colocou o endereço normal. Ele coloca que tá na rua, que a casa dele está sem endereço correto, que a casa não tem número. Eles fazem isso pra gente não ter como cobrar, quando descobrir”, destacou o empresário, ao falar sobre as características do do golpe.

Com informações do G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *