Por ciúmes do filho, sogra teria encomendado morte de nora por R$ 300 em Manaus

Investigações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), apontam que Andres Eduardo Munoz Pinto, de 31 anos, recebeu R$ 300, para matar Yeimy Yenileth Rodriguez, de 27 anos, supostamente a mando, da sogra dela Tereza de Jesus Hernandez Beomon, de 37 anos.

De acordo com a delegada Debora Barreiros, Andres tinha um relacionamento com uma sobrinha de Teresa, e já se conheciam desde que saíram da Venezuela para tentar uma vida melhor em Manaus.

Não suportando mais o fato de que seu filho de 16 estaria vivendo junto com Yeimy, ela teria dado R$ 300 para que Andres matasse a nora; a vítima foi encontrada com 12 facadas pelo corpo dentro da própria casa. A princípio, investigações apontavam que a morte teria sido um latrocínio, mas testemunhas já apontavam sobre a rivalidade de sogra e nora.

Com o dinheiro em mãos, Andres fugiu para Boa Vista, em Roraima, mas acabou sendo identificado e preso. Em depoimento, já na DEHS, confessou a motivação.

A dupla responderá por homicídio.

fonte: Portal do Holanda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *