Prefeito David Almeida assina ordem de serviço para instalação de semáforos inteligentes em Manaus

O prefeito de Manaus, David Almeida, assinou, nesta quarta-feira, 13/7, a ordem de serviço para instalação de 50 semáforos inteligentes nos principais corredores viários de Manaus. Os equipamentos serão implantados pela Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), ainda no segundo semestre deste ano, no processo de avanços da mobilidade urbana na capital em andamento.

Durante a assinatura realizada no Centro de Cooperação da Cidade (CCC), no bairro Adrianópolis, na zona Centro-sul, David Almeida destacou que o novo sistema de semáforos nas vias mais congestionadas da capital trará mais fluidez ao sistema viário da cidade.

“São semáforos modernos, com tecnologia moderna, agregados aos que já temos. Esse semáforo fará a leitura das filas automaticamente e temporizado de acordo com o fluxo de carros, isso para melhorar nossa mobilidade. Temos trabalhado bastante a questão da infraestrutura urbana na nossa cidade e a nossa meta é ter uma mobilidade urbana melhor. Isso faz parte das melhorias como os novos viadutos, passagem de nível, alargamento de vias, além dos semáforos inteligentes, e posteriormente os ‘corujinhas’. Em toda cidade grande e moderna existe esse tipo de fiscalização e vamos retomar, acredito que até final do ano, e com isso estamos tentando dar soluções definitivas para o trânsito de Manaus”, enfatizou Almeida.

Inteligência

Com a medida, Manaus acompanha a tendência de outras grandes cidades brasileiras que, com o aumento da frota de veículos, precisam investir em tecnologias para melhorar a mobilidade urbana.

A nova ferramenta permitirá, em tempo real, que o semáforo reconheça o tamanho da fila de veículos de uma via e ajuste o tempo semafórico automaticamente.

Os semáforos atualmente em operação são ajustados por horário com programação pré-determinada. Com a mudança, os ajustes serão de acordo com a formação da fila. Existirá um laço virtual em que o equipamento irá “ler” a quantidade de carros.

“Hoje temos semáforos isolados que trabalham com uma programação. O tempo dele é pré-programado para os horários. Esse novo sistema não tem tempo programado, ele é adaptado em tempo real, então ele tem sensores que vão medir o fluxo, e a partir do fluxo, ele vai liberando o tempo do sinal verde de acordo com a demanda de tráfego no local e dando prioridade para os ônibus, então saímos de um sistema isolado, de uma metodologia muito ultrapassada, para uma metodologia muito mais moderna”, assegurou o titular do IMMU, Paulo Henrique Martins.

Outra novidade é que os atuais semáforos podem ser utilizados com o novo equipamento. A previsão é atualizar 30 semáforos já instalados e implantar 20 novos equipamentos, totalizando 50 semáforos inteligentes neste primeiro momento.

A programação prevê a implantação dos primeiros equipamentos na região dos bairros Adrianópolis e Aleixo, ambos na zona Centro-Sul. Uma central exclusiva fará o acompanhamento desse sistema, que trará muitos benefícios à mobilidade da capital.

———

Texto – Beathriz Torres / Semcom e Assessoria IMMU

Fotos – Ruan Souza e João Viana / Semcom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *