Prefeitura comemora os 139 anos do mercado Adolpho Lisboa com muita música

Um dos ícones da arquitetura histórica de Manaus, o mercado municipal Adolpho Lisboa, localizado na avenida Lourenço Braga, Centro, completa nesta sexta-feira, 15/7, 139 anos de atividades. O “mercadão”, como é popularmente conhecido, é um local onde o manauense se reencontra com sua própria cultura, por ser um elemento de identidade da história regional.

Nesta sexta-feira, a comemoração com os permissionários e visitantes do espaço, teve direito a festa com a presença do “príncipe do brega”, o cantor Nunes Filho, durante o lançamento do projeto “Arte pela Cidade”, realizado pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), com o apoio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) e da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio informal (Semacc).

“O mercado Adolpho Lisboa é um ícone da arquitetura amazônica, é um espaço turístico muito visitado na nossa cidade, por pessoas do mundo todo e hoje estamos comemorando 139 anos de atividades trazendo um projeto especial, que é o ‘Arte pela Cidade’, momento de comemorar e ao mesmo tempo de agradecer, principalmente pelas pessoas que trabalham dentro do mercado e hoje, de forma humanizada, trazendo alegria e dignidade aos permissionários e clientes”, destaca o secretário da Semacc, Wanderson Costa.

Orgulho

Permissionário antigo do Adolpho Lisboa, Antônio Teixeira conta que herdou a banca do pai, a quem acompanhava desde criança na venda de frutos do mar. Para ele, é uma honra fazer parte dessa história.

“É questão de muita satisfação. Devido ao tempo que a gente trabalha aqui, é uma honra muito grande, porque o mercado é tradicional, recebemos do turista regional ao turista internacional. Parabéns a todos nós, ao mercado, principalmente, por ser um grande patrimônio histórico”, comemora o permissionário.

Para a Maria Verlândia Aragão, vendedora de produtos naturais na área de hortifrúti, trabalhar no mercado municipal Adolpho Lisboa lhe possibilita muito conhecimento, porque o local é visitado por pessoas do mundo inteiro.

“É maravilhoso trabalhar neste lugar, conhecemos muita gente. Vem gente do mundo inteiro aqui no mercado Adolpho Lisboa, os turistas ficam maravilhados com a estrutura do prédio e nós ficamos felizes, o mercado é maravilhoso e a gestão David Almeida tem nos apoiado em tudo. Parabenizo o mercadão e todos os permissionários por esses 139 anos de atividades”, conclui.

Estrutura

Considerado um dos ícones da arquitetura histórica de Manaus, o mercado Adolpho Lisboa, no estilo art nuveau, é uma réplica do mercado Les Halles, de Paris. Símbolo remanescente da época áurea da borracha, o prédio é um expressivo exemplar da arquitetura do ferro no Brasil, tendo seu inestimável valor reconhecido por meio de tombamento no Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), desde o fim do século passado.

O mercado abriga 175 permissionários distribuídos em quatro pavilhões: carne, peixe, hortifrúti e pavilhão central, onde são vendidos peixes, artesanato indígena e caboclo, ervaria, frutas e verduras. É o lugar ideal para provar a comida regional, conhecer os produtos típicos da região, comprar objetos de decoração e lembranças do Amazonas.

O mercado municipal Adolpho Lisboa funciona de segunda-feira a sábado, das 6h às 17h. Aos domingos e feriados, o mercadão abre de 6h ao meio-dia.

— — —

Texto – Dalva Andrade / Semacc

Fotos – Gildo Smith / Semacc

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *