Prefeitura de Manaus forma cuidadores comunitários no bairro Lírio do Vale

Moradores da segunda etapa do bairro Lírio do Vale, na zona Oeste da cidade, estão participando do curso de cuidador comunitário, promovido pela Prefeitura de Manaus. As aulas, que acontecem as terças e quintas-feiras, tiveram início na noite da última terça-feira, 19/7, e se estenderão até o dia 9 de agosto, na Associação dos Idosos Unidos do Lírio do Vale II, localizada na rua 15, nº 25.

O curso é coordenado pela Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), em parceria com a Fundação Municipal de Apoio ao Idoso Doutor Thomas (FDT).

A finalidade do curso é capacitar a comunidade para o trato com seus idosos, orientando sobre os cuidados necessários diante das limitações que vão surgindo com o tempo, com recomendações gerais quanto à alimentação, higiene pessoal e medidas de prevenção, além de noções de direitos humanos, políticas de apoio ao idoso e as situações de violência e maus-tratos.

Esta é a quinta turma do curso de cuidador comunitário e faz parte da área temática “Atenção ao Idoso” do catálogo de cursos da Espi/Semad, dentro da parceria com a FDT.

“O cuidador comunitário, que é mais um grande avanço da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Doutor Thomas, gestora da Política Municipal do idoso, vem com o objetivo de informar a comunidade atendida, em sua forma mais básica, direcionado para auxiliar idosos, familiares e conhecidos, garantindo ainda mais qualidade de vida do idoso dentro da própria família”, ressaltou a diretora-presidente da FDT, Martha Moutinho.

A instrutora selecionada para o curso é a assistente social Regina Cunha da Silva, que possui especialização em gerontologia social e especialização em Políticas Públicas de Atenção à Família, ambas pela Faculdade Salesiana Dom Bosco, com experiência em atendimento psicossocial nos segmentos da família, criança, adolescente e idoso, visitas domiciliares e institucionais, e responsável pela organização das campanhas socioeducativas, entre outras qualificações.

“Estamos, nessa parceria com a Espi e a Fundação Doutor Thomas, qualificando essas pessoas para que possam cuidar, de forma adequada, de seus idosos, a partir de conhecimentos básicos para isso”, disse.

Participando do curso, Rita Macedo contou que já trabalhou com idosos. “Estou participando porque é muito importante termos as orientações teóricas e o embasamento técnico para o cuidado com esse público”, informou.

Conteúdo

O curso abordará os temas: Conceito de idoso; O Cuidador de idosos e os aspectos biopsicossociais do envelhecimento; Noções básicas de cuidados de higiene pessoais e os aspectos de alimentação voltados aos cuidados com o idoso; Direitos humanos e cidadania; Aspectos de alimentação saudável voltados aos cuidados com o idoso; Mudanças psicossociais e espirituais no envelhecimento; e Cuidados com a saúde física e mental do idoso no período pós-pandêmico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *