Professora é demitida de escola conservadora por não deletar conta no OnlyFans

  • A professora Sarah Juree mantinha a sua conta no OnlyFans em segredo
  • Ela foi desligada da escola que trabalhava após a página ser revelada
  • A instituição, conservadora, alegou que poderia perder apoiadores

Uma mulher do estado de Indiana, nos Estados Unidos, não conseguiu conciliar as carreiras de professora e  foi demitida da escola que trabalhava em South End após sua conta no OnlyFans se tornar conhecida dos pais dos alunos e diretores.

Segundo informações publicadas pelo site “Real News Michiana”, Sarah Seales, que usa o codinome de Sarah Juree, criticou um site que divulgou sua outra profissão. Com isso, ela foi demitida da Starbase Indiana.

Eles alegaram que a criação de conteúdo adulto “colocava em risco a reputação da companhia”, que tem valores conservadores. Eles oferecem acampamentos para crianças em todos os estados do país. “Essas fotos representam um risco real e imediato de danos à reputação ou negócios da Starbase Indiana, Inc.”, afirmaram.

Eles ainda informaram que poderiam “perder escolas, doadores, parceiros comunitários e nosso contrato para operar com a Guarda Nacional do Estado”. Nas redes sociais, a ex-professora lamentou o ocorrido: “Estou chocada e triste por sua vil tentativa de arruinar a minha vida.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *