Secretaria tarada

Meu nome é Edinho (fictício), tenho 45 anos, Sou moreno, cabelos pretos e olhos castanhos escuros,1,62m, 60kg. Sou o tipo de cara bem observador e procuro estar o tempo todo de bom humor. Ou seja, não tem tempo ruim. E isso talvez faça com que eu me dê bem com as pessoas que me relaciono. Além do mais sempre gosto de uma boa sacanagem pra descontrair.

Sempre que posso leio alguns contos eróticos pra minha esposa ou ela lê pra mim. Isso sempre deixa nossas noites de amor mais quentes e excitantes. Ela sempre pede para eu escrever no site as aventuras vividas…e tomando seu incentivo resolvi narrar meu primeiro conto.

Um certo tempo de minha vida trabalhei como instrutor de informática educacional numa escola municipal. E sempre procurei ser gentil e cordial com todos. Com o passar do tempo já familiarizado com ambiente e pessoas, já rolava certa brincadeiras e intimidades.

A sala que trabalha tinha vinte computadores interligados em rede. Dentre os vinte tinha um qual eu usava e coloca meus arquivos. Uma certa manhã de segunda-feira ao chegar na escola a coordenadora me chama e diz que precisa conversar comigo em particular. Nossa, aquelas palavras já me deixaram apreensivo pois pensei, o que fiz de errado?!

No intervalo das aulas da manhã, a coordenadora entra em minha sala pra conversarmos. Então ela explica que no sábado ela mais a diretora foram pra escola pois tinha acontecido uma ação social na escola e ao abrir um computador procurando um material se deparou com várias fotos de mulheres nuas e vídeos pornôs. Eu fiquei estupefato! Porém, de forma calma perguntei a ela qual foi o computador. Ao me mostrar fiquei admirado pelo fato de ser um computador que não era o que eu usava para armazenar meus arquivos.

Liguei o computador e pedi pra ela me mostrar as fotos e vídeos. Minha nossa, tomei um senhor susto pois era muita coisa. Expliquei que nunca tinha visto e não sabia da existência de tal coisa. Mas vasculhando algumas pastas pude descobrir que o instrutor que trabalhava na escola antes de mim deixou aqueles vídeos e fotos armazenado. Ela pediu para eu apagar tudo e eu disse que seria feito imediatamente. Assim que ela saiu da sala peguei todos os arquivos e escondi bem escondidinho para poder apreciar depois.

Quando foi noutro dia para minha surpresa a porta da sala abre e entra a secretaria da escola perguntando se estava tudo bem. Eu respondi que sim. Quando deu hora do almoço fui conversar com o outro secretario da escola e perguntei quem havia entrado na sala d informática no sábado. Ele disse que além da diretora e a coordenadora só a Lane. (Secretária). Como ele era sacana falei pra ele do ocorrido. Ele riu e disse: Safadinha!

Deixei passar os dias e ao ligar o bendito computador reparei que haviam mexido nele. Vasculharam de toda forma. Meu pensamento me dizia que alguém foi procurar os vídeos. Antes da aula começar fui até a secretaria da escola e disse para Lane que queria conversar com ela no horário do almoço. Às horas passaram lentamente, e quando todos os alunos saíram e tudo estava calmo na escola eis que surge na minha sala Lane toda faceira e sorridente perguntando o que eu queria com ela.

Liguei o computador e disse espera um pouquinho. Pela cara de sacana que ela fez já sabia o que eu ia mostrar. Então disse:

– Sua safadinha, quando você mexer no computador procurando vídeos pornôs vê se apaga teus vestígios. Pois você quase me mete em encrenca!

Ela soltou uma gargalhada e respondeu:

– Seu patife, eu não sei fazer isso!

Então, ensinei como fazer tal coisa. Depois com uma cara cínica ela me perguntou onde eu havia escondido os vídeos que ela procurou e não achou. Então, mostrei onde estava. Ela sentou e começou a assistir os vídeos. Seus olhos nem piscavam mas dava pra perceber que ela estava excitadíssima assistindo os vídeos. Me aproximei por trás de Lane de mansinho…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *