Sindicato de professores do Estado anuncia suspensão das aulas presenciais

Os professores da rede estadual decidiram, na manhã desta quarta-feira (4), em uma assembleia geral promovida pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Publica do Estado do Pará (Sintepp), por uma greve sanitária, com a manutenção das aulas online, como já vinha ocorrendo na rede pública de ensino do Pará. A decisão ocorre após o retorno do ensino presencial, proposto pelo Governo do Estado.

O plano de retomada das aulas presenciais nas escolas da rede estadual pública do Pará teve início na última segunda-feira (2), com um esquema de retorno escalonado e híbrido. O primeiro momento contou com o retorno dos estudantes do 3º ano do ensino médio, 5º e 9º anos do fundamental, além dos concluintes do Educação de Jovens e Adultos (EJA). 

Para a volta, a Secretaria da Estado de Educação (Seduc) informou que garantiu protocolos de biossegurança nas unidades escolares. Ainda segundo a pasta, a queda de novos casos da doença e o avanço na imunização da população foram fatores determinantes para que o Governo do Pará definisse a retomada. O Plano de Retorno às Aulas Presenciais foi apresentado pelo governador Helder Barbalho no último 23 de julho.

A redação integrada de O Liberal entrou em contato com a Seduc e aguarda posicionamento. Mais informações em instantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Fale conosco!