Trio é preso por ajudar a linchar idoso suspeito de estuprar criança em Manaus

Daniel Ferreira da Conceição, 18, Marcelo Rossi Menezes, 22, e Samuel Braga Serrão, 27, foram presos nessa quinta-feira (28), por linchar um idoso de 60 anos, identificado como Valter Marques da Cruz.

O crime ocorreu no dia 5 de março deste ano, no bairro Mauazinho, zona leste. Na ocasião, a vítima foi espancada pelo grupo criminoso a pauladas, socos e chutes, por ter sido acusada de estuprar uma criança de 10 anos. 

O homem era pedreiro e a criança teria ido chamá-lo para fazer um serviço para outra pessoa. A polícia afirma que nesse intervalo, houve um mal entendido e a população acreditou que o homem havia estuprado a criança.

Valter foi socorrido e levado ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, zona leste, onde foi a óbito no dia seguinte. O crime nunca foi comprovado e a própria vítima afirmou à polícia que ele não ocorreu.

“Soubemos que traficantes do bairro Mauazinho estariam implementando uma espécie de tribunal do crime para punir uma vítima que teria abusado de uma criança de 10 anos. Procuramos essas informações depois e fomos ver boletim de ocorrência e verificamos que a senhora Denira, que é a mãe da criança, 3 dias depois procura a delegacia e narra que essa criança foi vista na companhia desse idoso. No entanto, essa criança narra que não teve qualquer tipo de agressão física ou que houve qualquer outro tipo de abuso”, diz a delegada Débora Barreiros.

Mesmo assim, populares se reuniram e assassinaram o homem, inclusive a mãe da menina. Por meio de imagens divulgadas nas redes sociais, ela e um grupo de pessoas como Daniel, Marcelo e Samuel foram identificados e as investigações seguem para apurar a identidade de outros envolvidos.

As prisões de Daniel e Samuel ocorreram em sua casa no Mauazinho, nos dias 18 e 15 de julho, respectivamente. Já o mandado de prisão de Marcelo foi cumprido em um presídio da cidade. 

fonte: Portal do Holanda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *