Ventos fazem piloto interromper pouso de avião quatro vezes em Santarém

Um avião que saiu de Belém com destino a Santarém, na madrugada desta segunda-feira, 18, precisou arremeter quatro vezes antes de conseguir pousar. A situação deixou passageiros e funcionários em pânico e causou atraso em outros voos.

A aeronave que pertence a Gol, saiu de Belém com destino ao aeroporto Maestro Wilson Fonseca, em Santarém, as 00h30 e deveria pousar as 2h. Mas rajadas de ventos que ocorrem na região dificultaram o pouso e o piloto precisou interrompe-lo duas vezes. 

Na terceira tentativa, ele avisou a tripulação que se não conseguisse pousar teria que retornar ao aeroporto de Belém para abastecer e depois retornar para Santarém. A terceira tentativa também não deu certo e a aeronave voltou para Belém, e após abastecer seguiu para Santarém. Novamente não foi possível pousar.

Segundo relato de passageiros, a situação ficou desesperadora. O piloto precisou ficar sobrevoando a cidade até o dia amanhecer para que os ventos diminuíssem e a manobra fosse feita com segurança. Funcionários do aeroporto que estavam em terra, vendo a situação, fizeram orações para que tudo ocorresse bem.

Situação gerou atraso em voo para Brasília 

Em Belém, sem saber do pânico que ocorria com os passageiros, outras pessoas reclamavam do atraso em um voo para Brasília, que seria feito pela mesma empresa aérea. 

Voo para Brasília atrasa por mais de três horas e passageiros ficam presos em Belém

Em nota, a Gol esclareceu que o ocorrido em Santarém foi a causa do atraso e lamentou a situação. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Fale conosco!