Vigilante tem cabeça estourada a pauladas enquanto trabalhava, em Manaus

Manaus – Na manhã desta sexta-feira (05), o vigilante Edervaldo Ferreira da Silva, de 57 anos, foi brutalmente morto durante seu expediente da trabalho. A vítima trabalhava em um posto de combustíveis localizado na Avenida Margarida, no bairro Cidade de Deus, na zona Norte de Manaus. 

De acordo com informações da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM), Edervaldo trabalhava há cerca de 10 anos no estabelecimento, que agora está passando por reforma. Suspeita-se que o trabalhador tenha sido vítima de um latrocínio durante a madrugada, o roubo seguido de morte. 

Ele foi morto com várias pauladas na região da cabeça. O corpo foi encontrado pelo outro vigia do posto, que ficou chocado ao ver seu colega de profissão morto. 

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e o caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). 

fonte,cm7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *